Notícias
Notícias - ( 939 ) registros encontrados
Mostrando 10 registros por página
SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018
14/11/2018

SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018

 

 

PALAVRA LIVRE

 

AURINO WUDKE – PR

O vereador comentou sobre os financiamentos dos Projetos de Lei de Nº 050/18 e 053/18, que autorizam o município a contrair operação de crédito no valor total de até R$15 milhões, explicando que o de R$5 milhões irá refletir aproximadamente em R$ 20 mil e o de R$10 milhões em torno de R$40 por mês para o município. Comentou que no final do ano de 2013 o Prefeito Sr. Osvaldo Jurck, assumiu uma parcela de R$110 mil e vê  isso como um investimento, apesar de que naquele momento a arrecadação era menor, mas o asfalto da Rua Rio de Janeiro, no bairro Schroeder I está feito e hoje ainda é pago o valor mensal de R$ 73 mil a parcela, sendo assim, se analisarmos os dois financiamentos que totalizam o valor de R$15 milhões e chegam a uma parcela de R$ 60 mil por mês, que não é uma parcela alta, com certeza veremos que é um ótimo investimento e que o benefício será maior para a comunidade, que certamente agradecerá a aprovação destes dois projetos por esta Casa. Sobre o Projeto de Lei Nº 049/18, que seria aprovado na presente sessão e foi retirado de pauta pela comissão, em seu ponto de vista não foi a melhor alternativa, pois se os Edis tinham dúvidas em relação ao projeto deveriam ter buscado os esclarecimentos junto ao Executivo, pois muitos terrenos são de fundos, com faixa talvez entre 2 ou 7 metros de largura e muitas vezes é cônico e por isso, por não ter utilidade para a Administração Pública e que foram colocados a leilão, assim também, como há terrenos que chegam ao valor de aproximadamente R$ 500 mil. Frisou que sua preocupação nessa questão é devido aos prazos, até porque, se o Executivo enviou um oficio alterando o projeto para regime de urgência, foi com objetivo, pois após a aprovação do mesmo por esta Casa, ainda existe toda uma parte burocrática a ser executada, precisa-se realizar o leilão e posteriormente é necessário fazer a licitação do recurso do leilão e já estamos quase no final do ano. Explicou que 100% desses recursos seriam investidos na Área da Educação e que ainda podem, mas indagou aos vereadores se haverá tempo hábil para execução, frisando que antes de retirar um projeto é preciso analisar quem será atingido com isso, porque através desse recurso seria feita a ampliação da Creche Primeiros Passos no bairro Rancho Bom, a cobertura da Escola Sarita Beck Rezende no Rio Hern, a execução da Creche no Bairro Itoupava-Açú, que é tão sonhada pela comunidade e ainda o término da EM Emílio da Silva, a qual muitos podem dizer que para isso vem recurso Federal, o que é fato, porém, com esse recurso ela é feita de forma padrão FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, de maneira que nada pode ser alterado e esse projeto veio com o valor de aproximadamente R$ 4 milhões para o município e está em fase de finalização, mas com algumas falhas, como o transformador que não está incluso e é necessário e a parte elétrica  que praticamente é inexistente  e antes de terminar essa obra conforme o projeto que veio do Governo Federal o município não pode fazer licitação ou investimento para que fique nas condições adequadas para atender aos alunos, investimento esse que seria em torno de R$ 400 mil para que estivesse apta para funcionamento em fevereiro de 2019. Questionou aos Edis como vão explicar para a comunidade estarem segurando um projeto que poderia estar abrindo vagas para as crianças, pois vão ter dificuldades de remanejo das crianças de uma escola para outra, e ainda pergunta, como vão fazer daqui para frente se não der prazo hábil. Sabe que os vereadores têm direito de prazos para analisar e respeita isso, mas vê que quando é um caso emergencial como esse precisa-se pensar primeiramente na comunidade e fica indignado por esse projeto ter sido retirado da pauta de votação, pois estiveram nos locais visitando e tiveram um prazo de 2 semanas para fazer essa análise. Reforçou que a arrecadação caiu nos últimos meses em torno de R$ 175 mil ao mês e os números de habitantes cresce todos os dias, há uma demanda reprimida em creche de aproximadamente 200 crianças. Concorda que o Executivo poderia ter enviado antes, mas pensa que independente disso deveriam ter aprovado o projeto e em sua opinião entende que os Edis prejudicaram a comunidade. Finalizou dizendo não entender a atitude e que lamenta muito pela comunidade, pois vão ter crianças fora da creche e fora da escola.

 

 

Próxima Sessão Ordinária 
Data:  19 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Avenida Dos Imigrantes, 2520 – Centro - Schroeder

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018
14/11/2018

SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018

 

 

PALAVRA LIVRE

 

 

TIO FRIDO – PSDB

O vereador comentou sobre o Projeto de Lei Nº 049/2018, que trata sobre o leilão de áreas de terras pertencentes ao patrimônio público municipal, e esclareceu que ele juntamente com a comissão de Obras e Serviços Públicos, oferecem todo apoio ao projeto, pois sabem que é para uma questão nobre, porém, optaram por analisar mais o projeto devido algumas dúvidas que tiveram em relação a alguns valores que consideram muito baixo por m², e por este motivo pedem maior prazo para análise e que sempre vão apoiar as questões viáveis ao município, principalmente se tratando de educação. Agradeceu o apoio e aprovação de suas indicações de nº 090, 091 e 092/18, que solicitam a instalação de um semáforo para travessia de pedestres, no entroncamento das ruas Marechal Castelo Branco e Barão do Rio Branco, que inclusive já foi instalado; alteração da localização das faixas de pedestres próximas ao cruzamento das ruas laterais com a via principal; e ainda a análise de viabilidade para revitalização das calçadas da Rua Marechal Castelo Branco. Pediu apoio a sua indicação de nº 093/18 que solicita a limpeza e roçada das testadas da Rua Erich Froehner e a manutenção do acostamento. O acúmulo de sujeira e o mato estão invadindo a ciclofaixa, além do excesso de água parada no acostamento, trazendo perigo aos pedestres e ciclistas que acabam adentrando a pista de rolamento, prejudicando o trânsito na via. Em aparte, a vereadora Marina Fernandes agradeceu o reforço que o mesmo fez em relação a indicação de revitalização das calçadas, lembrando que ela já fez essa mesma indicação esse ano e inclusive passou fotos de alguns locais com muitos buracos e que acha importante esse empenho e apoio do nobre vereador. O vereador Valfrido respondeu que realmente é algo muito importante e que deve ser feito o mais breve possível. Finalizou reforçando que não é contra o projeto de nº 049/18, e que a comissão apenas quer analisar melhor o mesmo.

 

 

Próxima Sessão Ordinária 

Data:  19 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Avenida Dos Imigrantes, 2520 – Centro - Schroeder

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018
14/11/2018

SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018

 

 

PALAVRA LIVRE

 

 

GIOVANE FODI – PSB

O vereador comentou sobre o projeto de financiamento de R$5milhões (PL nº 050/2018), que irá beneficiar 12 ruas do município com pavimentação, e de R$10 milhões (PL nº 053/2018) que irá beneficiar a área de turismo municipal, investimentos que irão beneficiar a todos e movimentar a economia do município. Mencionou que esteve acompanhando a obra de colocada do Buster no bairro Rio Hern, para melhorar o abastecimento de água naquele local. Solicitou a viabilidade de instalação de uma unidade da CELESC no município, com intuito de facilitar a demanda de atendimento aos munícipes. Solicitou a instalação de um letreiro turístico (sing city), com a frase "Eu amo Schroeder". O intuito deste monumento turístico é possibilitar a quem visita o município, mais uma forma de recordação, registrando sua passagem pela cidade, promovendo o turismo, levando muito mais que o nome do lugar ou um slogan, refletindo muitas vezes o estilo de vida, a cultura da região, características de cada local. Um exemplo já usado em várias cidades do Brasil como Corupá, e será orgulho para nós schroedenses também. Solicitou a instalação de placas de trânsito na Estrada Rio do Júlio. Sugeriu a instalação de uma placa no início da serra, alertando que ao longo do trajeto há intensa movimentação de pedestres, ciclistas e outros meios de locomoção, também placa de divisa dos municípios de Schroeder/Joinville, informando a altitude. O local é constantemente frequentado por turistas, sendo importante, algumas informações e orientações, finalizou Giovane.

 

 

Próxima Sessão Ordinária 

Data:  19 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Avenida Dos Imigrantes, 2520 – Centro - Schroeder

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018
14/11/2018

SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018

 

 

PALAVRA LIVRE

 

MAICÃO – MDB

O vereador mencionou a aprovação dos Projetos de Lei nº 050 e 053/2018 que autorizam o município a contrair operação de crédito no valor total de até R$15 milhões. Segundo Maicão, é um endividamento a longo prazo, porém um investimento que trará melhorias para a cidade, no âmbito de pavimentação e drenagem pluvial. Assim como em gestões anteriores foram feitas obras, das quais ficaram compromissos financeiros para gestões posteriores, da mesma forma estes financiamentos que as obras serão feitas neste mandato, o compromisso de pagamento ficará para gestões futuras. Um acordo do Executivo e do Legislativo para contribuir com o crescimento municipal. No que se refere as cobranças de taxas sobre estas pavimentações a serem realizadas, o vereador solicitou prestação de contas destes recursos e onde serão investidos. O vereador sugeriu a criação de critérios para beneficiar o estabelecimento de empresas no município. Mencionou sobre o Projeto de Lei Nº 049/2018 que trata da desafetação de terrenos, que visa possibilitar a alienação, mediante Leilão, de doze terrenos urbanos do Município, que pelas dimensões e localizações não podem ser utilizados para construção de prédios públicos. Concorda com o projeto, porém não concorda com alguns valores de terrenos colocados no projeto. Em aparte, o vereador Giovane comentou que concorda com o projeto, e fiscalizou todos os terrenos. Questionou os valores colocados na matrícula com valores do mercado atual e estará acompanhando a discussão do projeto. Maicon concluiu que a venda dos terrenos e a aprovação dos projetos que tratam dos financiamentos, contribuirão para melhorias na infraestrutura da cidade.

 

 

Próxima Sessão Ordinária 

Data:  19 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Avenida Dos Imigrantes, 2520 – Centro - Schroeder

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018
14/11/2018

SESSÃO ORDINÁRIA DE 12/11/2018

 

*Projetos que deram entrada, oriundos do Executivo:

Projeto de Lei Nº 055/2018 que institui o Programa de Incentivo às Microcervejarias artesanais, brewpubs, nanocervejarias artesanais e cervejeiros artesanais do município de Schroeder.

Projeto de Lei Nº 056/2018 que autoriza o Poder Público Municipal a realizar a cobrança de ingressos para a fase eliminatória, as semifinais e finais do 26º Torneio de Verão Aberto de Futsal.

 

*Projeto aprovado em 1ª votação, oriundo do Executivo:

Projeto de Lei Nº 047/2018, que autoriza o município de Schroeder receber em doação placas indicativas de localidades/interesse público, abrigo de passageiros e lixeiras.

 

*Projetos aprovados em 2ª e última votação, oriundos do Executivo:

Projeto de Lei Nº 045/2018, que altera dispositivos da Lei Municipal nº 1.676/2008, que Institui a Certidão de Regularização de Edificação no município de Schroeder.

Projeto de Lei Nº 046/2018, que institui o Programa “Adote uma Praça” no município de Schroeder.           

Projeto de Lei Nº 050/2018, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito junto a caixa econômica federal – caixa, na qualidade de agente financeiro, com a garantia da União.

Projeto de Lei Nº 051/2018, que altera anexos do Plano Plurianual e da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o Exercício de 2019.

Projeto de Lei Nº 053/2018, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito com o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento de Extremo Sul.

Projeto de Lei Nº 054/2018, que autoriza o Poder Público Municipal a realizar a cobrança de taxa de inscrição e conceder premiação nos eventos esportivos discriminados.

 

INDICAÇÕES APROVADAS

*Indicação Nº 090/2018 de autoria do vereador Valfrido Pedro Dos Santos, que solicitou análise de viabilidade para instalação de um semáforo para travessia de pedestres, no entroncamento das ruas Marechal Castelo Branco e Barão do Rio Branco, com a finalidade de orientar a travessia e proporcionar maior segurança aos pedestres.

 

*Indicação Nº 091/2018 de autoria do vereador Valfrido Pedro Dos Santos, que solicitou a verificação de alteração da localização das faixas de pedestres próximas ao cruzamento das ruas laterais com a via principal. Sugere-se que, as faixas sejam pintadas deixando o espaço de um carro de distância da esquina. Atualmente, a pintura da faixa é realizada muito próxima do cruzamento, fazendo com que o veículo que está saindo da rua lateral, tenha que parar em cima da faixa para poder visualizar o tráfego da outra via, ocasionando assim, insegurança, conflito entre pedestre e motorista, além de infração ao motorista, por estar parado com o veículo sobre a faixa.

 

*Indicação Nº 092/2018 de autoria do vereador Valfrido Pedro Dos Santos, que solicitou análise de viabilidade para revitalização das calçadas da Rua Marechal Castelo Branco. O intuito é que seja modificada a calçada existente ao lado da ciclofaixa, com a retirada dos empecilhos existentes, como árvores, entre outros, e a implantação da calçada mista, com um espaço compartilhado entre pedestres e ciclistas, podendo ainda desta maneira, disponibilizar vagas de estacionamento neste lado da via.

 

PALAVRA LIVRE

 

MAICÃO – MDB

O vereador mencionou a aprovação dos Projetos de Lei nº 050 e 053/2018 que autorizam o município a contrair operação de crédito no valor total de até R$15 milhões. Segundo Maicão, é um endividamento a longo prazo, porém um investimento que trará melhorias para a cidade, no âmbito de pavimentação e drenagem pluvial. Assim como em gestões anteriores foram feitas obras, das quais ficaram compromissos financeiros para gestões posteriores, da mesma forma estes financiamentos que as obras serão feitas neste mandato, o compromisso de pagamento ficará para gestões futuras. Um acordo do Executivo e do Legislativo para contribuir com o crescimento municipal. No que se refere as cobranças de taxas sobre estas pavimentações a serem realizadas, o vereador solicitou prestação de contas destes recursos e onde serão investidos. O vereador sugeriu a criação de critérios para beneficiar o estabelecimento de empresas no município. Mencionou sobre o Projeto de Lei Nº 049/2018 que trata da desafetação de terrenos, que visa possibilitar a alienação, mediante Leilão, de doze terrenos urbanos do Município, que pelas dimensões e localizações não podem ser utilizados para construção de prédios públicos. Concorda com o projeto, porém não concorda com alguns valores de terrenos colocados no projeto. Em aparte, o vereador Giovane comentou que concorda com o projeto, e fiscalizou todos os terrenos. Questionou os valores colocados na matrícula com valores do mercado atual e estará acompanhando a discussão do projeto. Maicon concluiu que a venda dos terrenos e a aprovação dos projetos que tratam dos financiamentos, contribuirão para melhorias na infraestrutura da cidade.

 

GIOVANE FODI – PSB

O vereador comentou sobre o projeto de financiamento de R$5milhões (PL nº 050/2018), que irá beneficiar 12 ruas do município com pavimentação, e de R$10 milhões (PL nº 053/2018) que irá beneficiar a área de turismo municipal, investimentos que irão beneficiar a todos e movimentar a economia do município. Mencionou que esteve acompanhando a obra de colocada do Buster no bairro Rio Hern, para melhorar o abastecimento de água naquele local. Solicitou a viabilidade de instalação de uma unidade da CELESC no município, com intuito de facilitar a demanda de atendimento aos munícipes. Solicitou a instalação de um letreiro turístico (sing city), com a frase "Eu amo Schroeder". O intuito deste monumento turístico é possibilitar a quem visita o município, mais uma forma de recordação, registrando sua passagem pela cidade, promovendo o turismo, levando muito mais que o nome do lugar ou um slogan, refletindo muitas vezes o estilo de vida, a cultura da região, características de cada local. Um exemplo já usado em várias cidades do Brasil como Corupá, e será orgulho para nós schroedenses também. Solicitou a instalação de placas de trânsito na Estrada Rio do Júlio. Sugeriu a instalação de uma placa no início da serra, alertando que ao longo do trajeto há intensa movimentação de pedestres, ciclistas e outros meios de locomoção, também placa de divisa dos municípios de Schroeder/Joinville, informando a altitude. O local é constantemente frequentado por turistas, sendo importante, algumas informações e orientações, finalizou Giovane.

 

TIO FRIDO – PSDB

O vereador comentou sobre o Projeto de Lei Nº 049/2018, que trata sobre o leilão de áreas de terras pertencentes ao patrimônio público municipal, e esclareceu que ele juntamente com a comissão de Obras e Serviços Públicos, oferecem todo apoio ao projeto, pois sabem que é para uma questão nobre, porém, optaram por analisar mais o projeto devido algumas dúvidas que tiveram em relação a alguns valores que consideram muito baixo por m², e por este motivo pedem maior prazo para análise e que sempre vão apoiar as questões viáveis ao município, principalmente se tratando de educação. Agradeceu o apoio e aprovação de suas indicações de nº 090, 091 e 092/18, que solicitam a instalação de um semáforo para travessia de pedestres, no entroncamento das ruas Marechal Castelo Branco e Barão do Rio Branco, que inclusive já foi instalado; alteração da localização das faixas de pedestres próximas ao cruzamento das ruas laterais com a via principal; e ainda a análise de viabilidade para revitalização das calçadas da Rua Marechal Castelo Branco. Pediu apoio a sua indicação de nº 093/18 que solicita a limpeza e roçada das testadas da Rua Erich Froehner e a manutenção do acostamento. O acúmulo de sujeira e o mato estão invadindo a ciclofaixa, além do excesso de água parada no acostamento, trazendo perigo aos pedestres e ciclistas que acabam adentrando a pista de rolamento, prejudicando o trânsito na via. Em aparte, a vereadora Marina Fernandes agradeceu o reforço que o mesmo fez em relação a indicação de revitalização das calçadas, lembrando que ela já fez essa mesma indicação esse ano e inclusive passou fotos de alguns locais com muitos buracos e que acha importante esse empenho e apoio do nobre vereador. O vereador Valfrido respondeu que realmente é algo muito importante e que deve ser feito o mais breve possível. Finalizou reforçando que não é contra o projeto de nº 049/18, e que a comissão apenas quer analisar melhor o mesmo.

 

AURINO WUDKE – PR

O vereador comentou sobre os financiamentos dos Projetos de Lei de Nº 050/18 e 053/18, que autorizam o município a contrair operação de crédito no valor total de até R$15 milhões, explicando que o de R$5 milhões irá refletir aproximadamente em R$ 20 mil e o de R$10 milhões em torno de R$40 por mês para o município. Comentou que no final do ano de 2013 o Prefeito Sr. Osvaldo Jurck, assumiu uma parcela de R$110 mil e vê  isso como um investimento, apesar de que naquele momento a arrecadação era menor, mas o asfalto da Rua Rio de Janeiro, no bairro Schroeder I está feito e hoje ainda é pago o valor mensal de R$ 73 mil a parcela, sendo assim, se analisarmos os dois financiamentos que totalizam o valor de R$15 milhões e chegam a uma parcela de R$ 60 mil por mês, que não é uma parcela alta, com certeza veremos que é um ótimo investimento e que o benefício será maior para a comunidade, que certamente agradecerá a aprovação destes dois projetos por esta Casa. Sobre o Projeto de Lei Nº 049/18, que seria aprovado na presente sessão e foi retirado de pauta pela comissão, em seu ponto de vista não foi a melhor alternativa, pois se os Edis tinham dúvidas em relação ao projeto deveriam ter buscado os esclarecimentos junto ao Executivo, pois muitos terrenos são de fundos, com faixa talvez entre 2 ou 7 metros de largura e muitas vezes é cônico e por isso, por não ter utilidade para a Administração Pública e que foram colocados a leilão, assim também, como há terrenos que chegam ao valor de aproximadamente R$ 500 mil. Frisou que sua preocupação nessa questão é devido aos prazos, até porque, se o Executivo enviou um oficio alterando o projeto para regime de urgência, foi com objetivo, pois após a aprovação do mesmo por esta Casa, ainda existe toda uma parte burocrática a ser executada, precisa-se realizar o leilão e posteriormente é necessário fazer a licitação do recurso do leilão e já estamos quase no final do ano. Explicou que 100% desses recursos seriam investidos na Área da Educação e que ainda podem, mas indagou aos vereadores se haverá tempo hábil para execução, frisando que antes de retirar um projeto é preciso analisar quem será atingido com isso, porque através desse recurso seria feita a ampliação da Creche Primeiros Passos no bairro Rancho Bom, a cobertura da Escola Sarita Beck Rezende no Rio Hern, a execução da Creche no Bairro Itoupava-Açú, que é tão sonhada pela comunidade e ainda o término da EM Emílio da Silva, a qual muitos podem dizer que para isso vem recurso Federal, o que é fato, porém, com esse recurso ela é feita de forma padrão FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, de maneira que nada pode ser alterado e esse projeto veio com o valor de aproximadamente R$ 4 milhões para o município e está em fase de finalização, mas com algumas falhas, como o transformador que não está incluso e é necessário e a parte elétrica  que praticamente é inexistente  e antes de terminar essa obra conforme o projeto que veio do Governo Federal o município não pode fazer licitação ou investimento para que fique nas condições adequadas para atender aos alunos, investimento esse que seria em torno de R$ 400 mil para que estivesse apta para funcionamento em fevereiro de 2019. Questionou aos Edis como vão explicar para a comunidade estarem segurando um projeto que poderia estar abrindo vagas para as crianças, pois vão ter dificuldades de remanejo das crianças de uma escola para outra, e ainda pergunta, como vão fazer daqui para frente se não der prazo hábil. Sabe que os vereadores têm direito de prazos para analisar e respeita isso, mas vê que quando é um caso emergencial como esse precisa-se pensar primeiramente na comunidade e fica indignado por esse projeto ter sido retirado da pauta de votação, pois estiveram nos locais visitando e tiveram um prazo de 2 semanas para fazer essa análise. Reforçou que a arrecadação caiu nos últimos meses em torno de R$ 175 mil ao mês e os números de habitantes cresce todos os dias, há uma demanda reprimida em creche de aproximadamente 200 crianças. Concorda que o Executivo poderia ter enviado antes, mas pensa que independente disso deveriam ter aprovado o projeto e em sua opinião entende que os Edis prejudicaram a comunidade. Finalizou dizendo não entender a atitude e que lamenta muito pela comunidade, pois vão ter crianças fora da creche e fora da escola.

 

Próxima Sessão Ordinária 
Data:  19 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Avenida Dos Imigrantes, 2520 – Centro - Schroeder

 

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018
09/11/2018

DEVOLUÇÃO FINANCEIRA

 

A Presidente do Legislativo de Schroeder Sr.ª Marina Fernandes, fez devolução financeira ao Vice-prefeito Adriano Kath, no valor de R$390.079,62 reais, que será investido de forma a atender todos os setores administrativos, com prioridades nas áreas da saúde e educação.

 

               

 

 

 

 

 

Próxima Sessão Ordinária 

Data:  12 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Av.: Dos Imigrantes, 2520 – Centro de Schroeder

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018
09/11/2018

SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018

 

PALAVRA LIVRE

 

FENÍSIO PIRES JUNIOR

DIRETOR EXECUTIVO DA CIGAMVALI

Explanou sobre o Consórcio Intermunicipal de Gestão Pública do Vale do Itapocu – CIGAMVALI que tem por objetivo geral o compartilhamento de ações que visem a gestão associada e a prestação de serviços públicos consorciados com ênfase na racionalização de recursos. Citou alguns dos projetos da CIGAMVALI como a construção da Ponte Zanotti, Usina de Asfalto, Escritório de Desenvolvimento Regional, uso Turístico do Morro do Boa Vista, Rota Turística entre outros. O Selo do SISBI que trata da qualidade de produto de origem animal, saindo de venda local para venda nacional entre outros. Exemplo é a rota da tilápia, onde 72% de produção continental está em Santa Catarina e Massaranduba é o município líder de produção deste peixe. Destacou também a produção de banana, palmeira real, carnes entre outros.

Referente a pesquisa sobre o maruim, informou que a AMVALI promoveu este projeto de pesquisa durante 10 anos em laboratório, em que a solução contra o maruim foi desenvolvida por um pesquisador com formação em Doutorado, bancado pela AMVALI. A solução é a clorofila extraída da folha da bananeira, transformada em clorofilina disponibilizada como alimento para a larva, que em contato com o sol morre por conta da fotossíntese. A eficácia dos testes feitos em laboratório foi de até 80%. O próximo passo do projeto é a construção de um laboratório para o encapsulamento (nanotecnologia) do pó da clorofilina, espalhados nos bananais para as larvas se alimentarem. Em 2019 serão feitos testes a campo com estas microcápsulas, um defensivo agrícola biológico, e após o produto será patenteado para fabricação. O produto pode ser fabricado em forma de repelente, e disponibilizado para vendas, e distribuído nas escolas de forma gratuita.

O valor estimado para construção do laboratório é de R$423mil reais, que rateado entre os municípios consorciados por habitantes consiste em: R$179.340,00 reais de Jaraguá do Sul, que já contribuiu com este valor através da câmara de vereadores e da secretaria de Agricultura, em Guaramirim R$60 mil, Barra Velha R$46 mil, Schroeder R$39 mil, Massaranduba R$36 mil, Corupá R$35mil conseguidos através da câmara e São João do Itaperiú R$24 mil, conseguido através da Câmara também. A CIGAMVALI conta com apoio da Câmara de Vereadores de Schroeder para contribuir com este projeto, de combate ao Maruim, um investimento em pesquisas e inovação. O intuito do laboratório é desenvolver diversos estudos bem como o combate ao caramujo africano, e outros animais sinantrópicos, além da oportunidade para os alunos e jovens contarem com um laboratório regional para estudos e visitas.

 

Próxima Sessão Ordinária 
Data:  12 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Av.: Dos Imigrantes, 2520 – Centro de Schroeder

 

 

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018
09/11/2018

 

 

SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018

 

PALAVRA LIVRE

 

JULIANA DEMARCHI

DIRETORA EXECUTIVA DA AMVALI

A Diretora apresentou uma breve explanação sobre a prestação de contas da AMVALI – Associação dos Municípios do Vale do Itapocu, que é formada por sete cidades da região abrangendo Jaraguá do Sul, Schroeder, Massaranduba, São João do Itaperiú, Corupá, Guaramirim e Barra Velha, tendo como Presidente o Sr. Antídio Lunelli. A Associação possui uma receita mensal que gira em torno de R$140 mil reais ao mês e conta com uma equipe estritamente técnica. Mencionou alguns projetos desenvolvidos como o Projeto dos Mananciais, Educação Ambiental, Mapas na Área Rural, Área Urbana Consolidado, Ciclo Turismo, Prodetur, Feidro, Consórcio CIGA entre consultorias. Em Schroeder são o total de 35 tipos de serviços e projetos, alguns como projeto do PROCON, abatedouro de peixes, revitalização do pórtico na entrada do pavilhão de eventos e da entrada do município, ginásio poliesportivo, topografia do Rio do Júlio, plano da mata atlântica, ciclo turismo, plano de prevenção de cheias entre outros.

 

Próxima Sessão Ordinária 

Data:  12 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Av.: Dos Imigrantes, 2520 – Centro de Schroeder

 

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018
09/11/2018

 

SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018

 

PALAVRA LIVRE

 

ADRIANO KATH

VICE- PREFEITO

O vice-prefeito agradeceu pela devolução financeira feita ao Executivo, pela Presidente do Legislativo Sr.ª Marina Fernandes, e mencionou que este valor de R$390.079,62 será investido de forma a atender todos os setores administrativos, com ênfase nas áreas da saúde e educação, que são prioridades da Administração. Agradeceu aos vereadores e vereadoras pelo apoio aos projetos que estão tramitando na Casa, e citou os projetos que tratam sobre pavimentação em diversas ruas do município.

 

Próxima Sessão Ordinária 

Data:  12 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Av.: Dos Imigrantes, 2520 – Centro de Schroeder

 

Autor(a): Leda M. Oleksy
SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018
09/11/2018

 

SESSÃO ORDINÁRIA DE 05/11/2018

 

PALAVRA LIVRE

 

MARINA FERNANDES – PSD

A vereadora mencionou sobre a devolução financeira de R$390.079,62 reais feita ao Executivo, entregue ao Vice-prefeito Adriano Kath. Este valor será investido em partes, em cada setor do Executivo Municipal, atendendo assim todas as áreas administrativas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Próxima Sessão Ordinária 
Data:  12 de Novembro (segunda-feira), às 19hrs
Local: Câmara de Vereadores de Schroeder, situada na

Av.: Dos Imigrantes, 2520 – Centro de Schroeder

 

Autor(a): Leda M. Oleksy
| Próxima | Última |

Página 1 de 94
Ir para a página:
copyright 2009/2009 - Câmara de Vereadores de Schroeder